Mercado de Locação

Take Blip resolve home office com Microcity

Ademilson Fernando Côrrea, coordenador de Governança de TI da Take Blip.

Foto: divulgação

A Take Blip, plataforma mineira que desenvolve sistemas de mensagens e chatbots, apostou no outsourcing de equipamentos da Microcity para levar todos seus colaboradores ao home office.

Segundo Ademilson Fernando Côrrea, coordenador de Governança de TI da Take Blip, a colaboração com a Microcity começou em 2020 com a locação de 264 computadores, entre desktops e notebooks.

Com o tempo, o número subiu para 1,7 mil notebooks entregues à empresa, uma parte levado às casas dos colaboradores com serviços de suporte e manutenção presenciais de técnicos.

“Com a logística operacional da Microcity, que vai desde a preparação e configuração dos equipamentos até a chegada destes à residência dos colaboradores, poupamos cerca de 80 horas semanais que seriam gastas pelo nosso time interno na montagem dos kits” explica Côrrea

Segundo Côrrea, o aumento das contratações passou de uma média de 40 para quase 100 e a infraestrutura de TI da companhia se tornou um obstáculo para o crescimento da startup.

“Percebemos que não tínhamos capacidade para dar conta de preparar as máquinas utilizadas pelos colaboradores e entregá-las sem perder tempo. Com o outsourcing, não só agilizamos 99% das ações envolvidas nas contratações, como o nosso time ganhou a possibilidade de focar 100% no nosso core business”, afirma Côrrea

Fundada em 1999, a Take Blip levantou uma rodada de US$ 100 milhões no último ano. A empresa possui 24 clientes em 17 países. Em seu portfólio, estão nomes como Itaú Unibanco, Coca-Cola, Localiza, Fiat, Claro, TruckPad, Kroton e Unimed BH.

Em setembro, a Take Blip bateu seu recorde de volume mensal de mensagens trafegadas em sua plataforma: 1,87 bilhão. Desse total, 88,3% foram via WhatsApp, informa a empresa, que deve atingir a marca de 2 bilhões/mês ainda este ano.

Desde 1984 no mercado, a Microcity é uma das principais empresas do país na área de outsourcing de ativos de TI e fornece infraestrutura para médias e grandes empresas, com base instalada de mais de 200 mil ativos distribuídos em todo território nacional.

Em 2020, a empresa fechou o ano com receita de R$ 140 milhões, crescimento de 21% em relação a 2019. A expectativa é crescer 18% em 2021, chegando a R$ 165 milhões.

Fonte: Baguete

 

0 comentário em “Take Blip resolve home office com Microcity

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: