Locadora Digital

A tecnologia a serviço do agronegócio?

A tecnologia afetou todas as relações e interações humanas na pandemia, sejam elas de natureza social ou profissional. Nesse cenário, atividades exclusivamente online emergiram e conseguiram consolidar o seu espaço no mercado. Hoje, com as aulas online sendo o foco, todos bancos focando seus sistemas em um novo 100% online, aplicativos de entrega aos montes e até no mais inusitado, sites especializados em apostas em futebol, crescendo de forma exponencial, com jogos como poker e blackjack online, por exemplo, fica claro que estamos entrando para uma nova era em alta velocidade.

Com toda essa inovação, umas das atividades econômicas mais antigas do mundo também vem se modernizando cada vez mais, o Agronegócio é o nicho produtivo que mais cresce no país e no mundo, de acordo com a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Neste contexto, soluções em inovação e tecnologia podem ser a chave para o aprimoramento das práticas agrícolas, o aumento da produtividade e, consequentemente, das vendas.

Dentre as regiões brasileiras que mais se destacam no setor agrícola, está o Centro-Oeste, que é uma importante região produtora de grãos no Brasil. Culturas como soja e milho se destacam, por causa do volume produzido. Hoje, equivalem a mais de 90% da produção total do estado de Goiás e de mais de 85% do Brasil. É um polo estratégico no país, não apenas pelo volume de negócios, mas também pela capacidade de inovação e desenvolvimento de pesquisas.

Conheçam algumas tecnologias interessantes que estão a favor do agronegócio:

Uso de Sensores e Drones

A agricultura está vivendo em uma era digital marcada pela “internet das coisas” (IoT) e Big Data, que tem como principal função gerar informações que, após serem analisadas, irão auxiliar o produtor na tomada de decisão na lavoura. Por isso, a instalação de sensores no campo vem sendo adotada por diversos produtores rurais, pois seu uso permite obter diversas informações importantes sobre a plantação, o solo e outros elementos fundamentais.

O uso de drones também é uma novidade trazida pelo setor, a ideia é fazer com que os drones possam desempenhar várias funções, como captar imagens aéreas que permitem acompanhar o desenvolvimento da lavoura em relação ao surgimento de pragas, doenças ou outros problemas no campo. As aeronaves são equipadas com câmeras especiais, que após as imagens serem processadas, permite com que o produtor rural acompanhe o desenvolvimento da lavoura, através da identificação de áreas com estresse hídrico, pragas ou doenças.

Como não poderia deixar de ser, a tecnologia mobile também está presente no campo, trazendo praticidade e eficiência para o agronegócio. Produtos e soluções focados no potencial que esse mercado oferece, tem se destacado em várias startups que buscam inovar dentro de um cenário onde oportunidades e necessidades não faltam.

Hoje, encontramos diversos aplicativos que auxiliam a vida dos usuários e trabalhadores do campo. Alguns deles ajudam no monitoramento remoto das máquinas agrícolas, outros fazem análises sobre nutrição dos animais, outros com foco na fertilização, geolocalização, sementes, enfim, tudo para facilitar e otimizar o setor, gerando mais tempo e recursos para seu desenvolvimento.

Abaixo listamos três aplicativos que são muito utilizados pelos produtores agrícolas.

Alluagro

Funciona como um Uber do agronegócio, utilizando a geolocalização para diminuir os custos logísticos e a ociosidade de máquinas agrícolas. Sua principal função é conectar prestadores de serviços a produtores interessados na locação desses equipamentos.

Agrosmart

O aplicativo permite gerenciar irrigação de lavouras, economizando o consumo de água no agronegócio. A tecnologia trabalha a partir de sensores espalhados no campo capazes de monitorar a umidade do solo e a existência de pragas, entre outros recursos.

 

Inmet Tempo e Clima

O app fornece a previsão do tempo para os próximos cinco dias, com informações de precipitação, temperatura e umidade relativa do ar, utilizando dados gerados pelo Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (Inmet), além de também mostrar imagens atualizadas de satélites meteorológicos.

Fonte: https://www.dinheirorural.com.br/a-tecnologia-a-servico-do-agronegocio/

0 comentário em “A tecnologia a serviço do agronegócio?

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: