Mercado de Locação

Solução da Neurotech faz triagem avançada para coibir potenciais fraudes e ajuda na recuperação das locadoras, bastante afetadas pela pandemia

Mesmo com as compras em 2021 prejudicadas pela falta de produtos devido à crise na cadeia produtiva das montadoras, o setor de locação de veículos já retomou os patamares pré-pandemia, de acordo com Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis (ABLA).

A instituição vê demanda aquecida e recuperação em relação ao primeiro semestre do ano passado por conta do maior uso de transporte individual, o que estimula o aluguel de carros. Essa retomada tende a provocar também um crescimento de fraudes. No último ano, algo em torno de 9 mil veículos disponibilizados pelas locadoras sofreram apropriação indébita. Isso significa que entre 1% e 2% da frota total do setor no Brasil esteve envolvida em algum tipo de ocorrência.

Para amenizar esse impacto, o setor já investe em tecnologias capazes de prevenir os danos. É o caso de uma grande locadora do país que recorreu ao Cscore da Neurotech, especialista na criação de soluções avançadas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data, para transformar dados públicos em informações relevantes. “Trabalhamos com o conceito de on-demand, por isso, avaliamos o que, de fato, vai gerar impacto no momento da locação e como o processo decisório resultará no melhor custo x benefício para as empresas”, diz Hélio Gonçalves de Souza Junior, da Neurotech.

Assim, as análises inteligentes de dados permitem personalizar o processo realizado para a locação, estratificando a carteira de clientes e indicando o rigor necessário das exigências para o fechamento do negócio. Para isso utiliza centenas de variáveis, que cruzam informações públicas do solicitante da locação, que vão desde o relacionamento digital e localização geográfica, até poder de compra e profissão.

Ao transformar esses dados em conhecimento, os resultados são impactantes. No caso da locadora que contratou a Neurotech, Hélio explica que, com as avaliações preditivas para a gestão de risco na hora da locação dos veículos, chegou-se a uma equação em que para cada 1 real perdido ou que a empresa deixa de ganhar ao recusar o cliente, a locadora ganha 680 reais.

De acordo com o executivo, após a adoção do Cscore, a expectativa é de redução entre 15% a 20% das fraudes. “Se 1% da base dos cerca de 1 milhão de automóveis pertencentes às empresas do setor não forem locados porque os clientes estavam mal avaliados, já serão 10 mil veículos poupados”, afirma.

Não à toa, a adoção de tecnologias para evitar prejuízos com fraude é um movimento crescente no setor, que consegue evitar desperdícios financeiros, inclusive em ações para recuperação dos veículos, atividade terceirizada. Na prática, o uso de dados para apoiar a gestão dos negócios é cada vez mais frequente em todas as áreas. Além de atender locadoras, a Neurotech, por exemplo, já atua com força nas áreas de crédito, varejo e seguros. E mais recentemente entrou no setor de saúde.

Sobre a Neurotech

A Neurotech é uma empresa especialista na criação de soluções avançadas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data que transformam um mundo de dados dispersos em informações relevantes para que as empresas obtenham resultados expressivos, prevendo novas oportunidades de negócios. Com uma bagagem de 18 anos e expertise em Inteligência Artificial, Analytics e Ciência de Dados, a Neurotech já implantou mais de 1.000 soluções que ajudaram gestores e empresas a transformar dados em melhores decisões nos mercados de crédito, varejo, seguros e financeiro.

Fonte: SEGS

1 comentário em “Solução da Neurotech faz triagem avançada para coibir potenciais fraudes e ajuda na recuperação das locadoras, bastante afetadas pela pandemia

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: