Acontece

Serviço de hardware dedicado Equinix Metal chega ao Brasil

A b, empresa global de infraestrutura digital, anunciou a disponibilidade do serviço de hardware dedicado Equinix Metal no Brasil. Com a oferta, clientes têm acesso a servidores físicos sob demanda, sem compartilhamento e com automação, a partir de hardware em data centers Equinix.

A oferta é uma aposta da Equinix na necessidade continuada de infraestrutura privada em mercados estratégicos, que permanece alta, apesar da ampla adoção da cloud pública. Para Diego Julidori, gerente sênior de Marketing de plataformas da Equinix, o serviço preenche uma lacuna que existe entre colocation e cloud pública.

“A gente dá ao cliente todo controle e eficiência, como se ele estivesse colocando uma máquina própria, mas com a experiência de consumo de cloud”, explicou.

Lançado em outubro de 2020, o Equinix Metal alcança atualmente 18 áreas metropolitanas globais. A região do Brasil, em São Paulo, é classificada como uma das “Core Metro” do Equinix Metal. Nas regiões Core, clientes têm capacidade de contratar e implementar estruturas sob demanda, em até 60 segundos.

O processo de contratação da estrutura pode ser feito através de autosserviço em todas as etapas. Clientes realizam a contratação através de um portal unificado, selecionando qual configuração, modelo de contratação e localização na qual deseja fazer a implementação do serviço.

A cobrança do serviço é feita por hora e sob demanda. No lançamento, o Equinix Metal está disponível com valores em dólares, através de cartão de crédito ou via remessa. A empresa, no entanto, não descarta a “localização” da oferta no futuro.

De acordo com a Equinix, o serviço de bare metal também nasce com uma mentalidade voltada para o desenvolvimento e com integração às mais diversas APIs. A solução possui integração nativa com o Equinix Fabric, que permite a conexão de forma rápida e segura às mais de 10.000 operadoras, empresas, clouds e plataformas SaaS disponíveis na plataforma Equinix.

“Apesar de estarmos falando de máquinas físicas, fizemos um trabalho de desenvolvimento para ser API-first, ter a conexão com o mundo externo através de software, como base desse serviço”, disse Julidori.

Potencial de crescimento

A escolha de São Paulo para uma região Core Metro do Equinix Metal se deu pela característica da cidade como um hub de conexão de empresas para o Brasil e América Latina. A companhia vê com “muito bons olhos” a região, e enxerga um alto potencial de crescimento do serviço por aqui.

“O Metal acaba sendo porta de entrada para muitas empresas. Uma empresa, para chegar ao Brasil, se pensar de uma maneira tradicional, teria que comprar espaço, construir seu próprio data center. Hoje ele pode fazer via portal em até 60 segundos”, pontuou o gerente da plataforma.

Segundo Julidori, as primeiras máquinas de São Paulo já foram implementadas por clientes Há, segundo ele, uma “facilidade” para se operar o Metal na região, que é o costume de clientes com o modelo de OPEX. “O que a gente está trazendo é uma evolução: um modelo de OPEX praticamente instantâneo no deploy de máquinas”, explicou.

Para Eduardo Carvalho, presidente da Equinix no Brasil, o serviço também desembarca na região em um momento de expansão do uso de hardware sob demanda. “Depois da pandemia, não nasce uma só empresa hoje que não seja de TI”, avaliou.

“A gente começa a enxergar um cenário de sazonalidade em relação à demanda. Não que ela vá muito para baixo, mas que oscile em relação às demandas do mercado. Essa oferta elástica que nós temos, vai fazer parte do mundo de TI”, concluiu.

Fonte: IT Fórum

0 comentário em “Serviço de hardware dedicado Equinix Metal chega ao Brasil

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: