Veículos & Mobilidade

Os 10 carros elétricos mais baratos do Brasil

É fato que os carros elétricos custam caro, especialmente no Brasil onde não há incentivos de impostos para esse tipo de modelo. Por isso, os preços estratosféricos fazem com que muita gente não se sinta incentivada a fazer a virada elétrica como muitas marcas esperam. Conheça agora os dez carros elétricos mais baratos do Brasil.

  1. Renault Kwid E-Tech – R$ 142.990

Cortando em praticamente R$ 22 mil o preço do JAC E-JS1, o Renault Kwid E-Tech se tornou o carro elétrico mais barato do Brasil. Só que, diferentemente do modelo da JAC, ele tem um equivalente a combustão. Por R$ 69.990, o Kwid Outsider tem quase os mesmos equipamentos do elétrico, mas custa praticamente a metade.

  1. JAC E-JS1 – R$ 164.900

 

JAC E-JS1 [Auto+ / João Brigato]
JAC E-JS1 [Auto+ / João Brigato]

Com duas versões no Brasil, o JAC E-JS1 se classifica na lista somente na variante mais barata – assim como todos os outros carros desse top 10. Ele já foi o elétrico mais barato do Brasil, mas foi superado pelo Renault Kwid. Ele tem 62 cv e 15,3 kgfm de torque contra 65 cv e 11,5 kgfm do Renault. Roda até 300 km com carga única, enquanto o rival vai a 262 km.

 

  1. Renault Zoe Zen – R$ 204.990

 

Renault Zoe Intense 2022 [Auto+ / João Brigato]
Renault Zoe Intense 2022 [Auto+ / João Brigato]

Um dos carros elétricos mais vendidos da Europa, o Renault Zoe é o que abre a faixa dos R$ 200 mi. Ao contrário dos modelos anteriores da lista, ele é um hatch compacto, enquanto Kwid e E-JS1 são subcompactos. Por isso, conta com motor mais potente e roda mais: 135 cv e 25 kgfm de torque com 385 km de autonomia.

 

  1. Mini Cooope SE Exclusive – R$ 248.590

 

Mini Cooper elétrico SE [divulgação]
Mini Cooper SE [divulgação]

Apesar de ter porte intermediário entre o JAC e os Renault, o Mini Cooper SE tem apenas duas portas e preço mais alto: culpa de ser um modelo de marca premium. Ele entrega 184 cv e 27,5 kgfm de torque para honrar o lado esportivo da Mini. Porém roda apenas 234 km, sendo um dos elétricos com menos autonomia à venda no Brasil.

 

  1. Fiat 500e Icon – R$ 255.990

 

[Auto+ / João Brigato]
Fiat 500e [Auto+ / João Brigato]

Tal qual seu rival Mini Cooper, o Fiat 500e tem visual retrô e interior luxuoso para atrair os compradores pelo lado emocional. Ele é o menor carro da lista, mas não o mais lento e nem o com menor autonomia. Roda até 320 km com carga completa e é empurrado por 118 cv e 22,4 kgfm de torque.

 

  1. JAC E-JS4 – R$ 256.900

 

carros
JAC E-JS4 [Auto+ / João Brigato]

Primeiro SUV da lista, o JAC E-JS4 entrega porte de Jeep Compass com preço de Commander, mas a possibilidade de rodar por aí sem gastar uma gota de combustível. Chega a 420 km de autonomia, sendo o maior da lista junto do Volvo XC40. A cavalaria, porém, fica nos mesmos 150 cv de um VW Taos e o torque de 34,7 kgfm equivale ao de um Compass diesel.

 

  1. JAC E-J7 – R$ 259.900

 

JAC E-J7 [Auto+ / João Brigato]
JAC E-J7 [Auto+ / João Brigato]

Assim como a JAC tem o SUV elétrico mais barato do Brasil, ela tem também o sedã menos caro à venda por aqui. O E-J7 foi o primeiro modelo da marca a passar pelo desenvolvimento conjunto com a Volkswagen, o que apresentou substanciais melhorias. Faz 400 km com baterias totalmente carregadas e entrega 193 cv e 34,7 kgfm de torque.

 

  1. Peugeot e-208 GT – R$ 265.990

 

carros
Peugeot e-208 [Auto+ / João Brigato]

Tal qual acontece com o Renault Kwid, Mini Cooper e JAC E-JS4, o Peugeot 208 tem um equivalente a combustão. O Griffe sai por R$ 112.790, enquanto o elétrico custa R$ 265.990. Tem acabamento melhor, é importado da Europa e vem com mais tecnologia, mas custa mais que o dobro. Pelo menos entrega 136 cv e 26,5 kgfm de torque: mais que os 118 cv e 15,5 kgfm do 208 1.6.

 

  1. Nissan Leaf Tekna – R$ 293.790

 

Nissan Leaf [Auto+ / João Brigato]
Nissan Leaf [Auto+ / João Brigato]

Pioneiro entre os carros elétricos, o Nissan Leaf Tekna é o único hatch médio elétrico à venda no Brasil. Entrega 149 cv e 32,6 kgfm de torque, ou seja, números próximos aos do SUV médio JAC E-JS4. A autonomia, porém, fica abaixo: 273 km. Porém, durante os testes do Auto+, o modelo não passava de 200 km.

 

  1. Volvo XC40 Recharge Plus P6 – R$ 309.950

 

Volvo XC40 Recharge Plus P6 [divulgação]
Volvo XC40 Recharge Plus P6 [divulgação]

A mais recente adição à lista, o Volvo XC40 de entrada conta somente com um motor elétrico, mas o preço drasticamente reduzido o colocou no mesmo patamar de hatches compactos elétricos. Ele tem 231 cv e 33,7 kgfm de torque, sendo o mais potente da lista e perdendo em torque somente para os JAC. Roda até 420 km com carga completa tal qual o E-JS4.

Fonte: Automais

0 comentário em “Os 10 carros elétricos mais baratos do Brasil

Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: