Mercado de Locação

Governo de Tucuruí quer locar maquinário por R$ 27 milhões

No apagar das luzes de 2021, a administração de Tucuruí planeja conferir propostas de um pregão destinado à locação de máquinas, caminhões e veículos diversos, com vistas à manutenção e à conservação de vias urbanas e rurais do município. O desfecho do pregão eletrônico contendo 20 diferentes “carros” (de trator a rolo compactador) está marcado para o próximo dia 30 e a iniciativa é orçada em proibitivos R$ 27.007.335,76.

As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu e podem ser conferidas aqui. Essa é a maior licitação do gênero realizada no Pará este ano e, segundo a Prefeitura de Tucuruí, organizadora do pregão, tem por finalidade suprir necessidades da Secretaria Municipal de Obras no tocante a serviços de abertura, manutenção e restauração de acessos e das vias principais nas estradas vicinais.

O governo de Alexandre Siqueira alega ainda que a frota e o maquinário serão utilizados em terraplanagem, pavimentação de ruas, recolhimento de entulho e lixo, desobstrução e limpeza de igarapés e córregos, preparo e regularização de terrenos para implantação de obras, entre outras ações de interesse público. Em justificativa que acompanha o edital do pregão, a Secretaria de Obras lembra que, em época de chuvas, a realização de alguns serviços básicos se torna emergencial.

Quem arca com o quê

O edital é, sim, milionário, mas não facilita. Uma das exigências é que a vencedora do pregão e futura prestadora de serviços à Prefeitura de Tucuruí uniformize adequadamente seus trabalhadores, com crachás, equipamentos de proteção individual e de proteção coletiva, entre outros aparatos determinados pelo Ministério do Trabalho.

Além disso, o governo de Tucuruí exige que a contratada dê manutenção rotineiramente em equipamentos, máquinas, veículos e caminhões que usar nos trabalhos. Essa “geral” na frota deve ser previamente programada para horários que não comprometam o andamento dos serviços propostos para a patrulha.

A propósito, custos com manutenção, troca de óleo, condutores (motorista ou operador de máquina pesada), peças, seguro, entre outros, serão de inteira responsabilidade da empresa contratada. A Prefeitura de Tucuruí, por seu turno, vai arcar com o custo dos combustíveis necessários para fazer a frota trabalhar. Se o pregão for adiante, os serviços serão efetivamente prestados em 2022.

Fonte: Zé DUDU

0 comentário em “Governo de Tucuruí quer locar maquinário por R$ 27 milhões

Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: