Mercado de Locação

Europcar quer 1/3 da frota global verde até 2023

O Europcar Mobility Group pretende que, até ao fim de 2021, os veículos verdes representem 10% da sua frota global, estabelecendo a meta de alcançar 1/3 da mesma até 2023.

O grupo informa que estes automóveis vão estar disponíveis nas novas modalidades de aluguel que o grupo tem vindo a apresentar e que refletem as necessidades das empresas ao mesmo tempo que permitem aos negócios testar soluções mais sustentáveis.

Em Portugal, a Europcar também está a reforçar a sua frota com veículos elétricos, contando atualmente com 82 veículos plug-in e 155 veículos elétricos. Esta oferta vai estar disponível no Porto (cidade, aeroporto, Maia), Lisboa (Aeroporto, Avenida António Augusto de Aguiar, Rua Rodrigues Sampaio, Rua Castilho e Prior Velho) e Faro (Aeroporto e Montenegro), e a partir de setembro no Funchal/Madeira.

Entre os veículos escolhidos para avançar com esta estratégia estão o Lexus UX300e, Nissan Leaf e o Renault Zoe, todos inteiramente alimentados por uma fonte de energia elétrica. Já na categoria de viaturas híbridas plug-in, que dispõem de um motor a combustão e de um motor elétrico, a escolha recaiu no Peugeot 3008, BMW Serie 3 e Volvo V60.

Estão, também, disponíveis veículos híbridos, como o Toyota Yaris HSD, Toyota CHR, Toyota Corolla HB e Toyota RAV4, que, mesmo sendo mais dependentes do seu sistema de combustão, devido a não poderem ser carregados externamente, contribuem à mesma para a diminuição do consumo dos combustíveis que produzem emissões de dióxido de carbono.

Nuno Barjona, head of Marketing do Europcar Mobility Group Portugal, explica, em comunicado, que o objetivo passa por tornar o “aluguel de carros mais amigos do ambiente atrativo, que não existam entraves à utilização destas viaturas no dia-a-dia dos nossos clientes”. Assim, o aumento de viaturas elétricas e híbridas nas frotas, bem como a flexibilização da oferta, é vista como “passos fundamentais para ajudar as empresas a enfrentar novas realidades, sobretudo nos tempos incertos que vivemos.”

Refira-se que estes objetivos estão em linha com as metas para o aquecimento global definidas pelo Acordo de Paris, com o grupo a quer reduzir as suas “emissões diretas de dióxido de carbono em 46% e as emissões indiretas produzidas pelos seus clientes em 13%, até 2030”. O desenvolvimento do programa “ONE Sustainable Fleet” ocorre, assim, no sentido de tornar “mais comum a utilização e partilha de veículos verdes, com o descomplicar do seu carregamento e do seu aluguel, através da oferta flexível oferta”, explica o Europcar Mobility Group.

Por Victor Jorge

Fonte: Publituris (Portugal)

0 comentário em “Europcar quer 1/3 da frota global verde até 2023

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: