Acontece

QUAIS AS FONTES DE ENERGIA MAIS UTILIZADAS NO BRASIL?

Quando falamos de produção de energia limpa, o Brasil é definitivamente uma referência mundial. Em 2019, quase 46,1% da matriz energética brasileira veio por meio de fontes renováveis. Esse número é quase 3 vezes maior do que a média global apurada no mesmo ano.

Além disso, é importante destacar que a matriz energética brasileira é a mais limpa entre as 10 maiores economias do mundo e pode ser considerada um exemplo a ser seguido.

E já que o assunto é produção de eletricidade, decidimos listar as principais fontes de energia no Brasil. Confira!

FONTES DE ENERGIA NÃO-RENOVÁVEL

As energias não renováveis ​​são aquelas que podem ficar sem fontes no futuro. O petróleo, por exemplo, estimulou o esgotamento em algumas décadas.

Embora muitos carros no Brasil usem etanol, muitos veículos ainda usam combustíveis fósseis. O gás natural também é amplamente utilizado no Brasil, principalmente em residências e indústrias.

Petróleo

O petróleo é uma das principais fontes de energia no Brasil, responsável por mais de um terço da energia do país.

Ele é utilizado como fonte de energia para equipamentos industriais e veículos automotores por meio da produção de gasolina, óleo diesel ou querosene.

O petróleo também é responsável pelo abastecimento das termelétricas.

Há alguns anos, o Brasil importava cerca de 60% de seu petróleo. Hoje, o Brasil descobriu reservas de petróleo na camada Pré-sal, no fundo do Oceano Atlântico, localizada na costa brasileira. No primeiro bimestre de 2015, a exportação de petróleo foi superior à taxa de importação.

As principais bacias petrolíferas são: Bacia de Campos, a maior do Brasil, Bacia de Santos, Bacia do Espírito Santo e Bacia do Recôncavo Baiano.

Carvão mineral

A produção de carvão é utilizada para a geração de energia térmica e também como matéria-prima para as siderúrgicas. O setor da indústria é responsável por um terço do uso de energia no Brasil.

A produção de carvão no Brasil concentra-se nos estados de Santa Catarina, no Vale do Tubarão e no Rio Grande do Sul, no Vale do Rio Jacuí.

Apesar da existência de locais onde a produção de carvão é mais intensa, o carvão mineral brasileiro não é de boa qualidade. As indústrias de aço e energia hidrelétrica exigem carvão mineral de alta qualidade para produzir a menor quantidade possível de poluição. Por conta disso, o Brasil importa cerca de 60% de seu consumo de carvão.

Energia nuclear

A energia nuclear foi implementada no Brasil com a criação do Programa Nuclear Brasileiro, argumentando que a própria energia hidrelétrica não seria poderosa o suficiente para impulsionar a rede energética do Brasil.

Esse argumento se mostrou inválido, visto que o Brasil possui a terceira maior capacidade hidráulica do mundo. Ele simplesmente não produz com sua capacidade total.

Em 1981, foi instalada em Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro, a primeira usina nuclear do Brasil, então chamada de Angra I. Por problemas técnicos, a usina foi desativada e não está mais em operação.

Além dos altos custos e baixos níveis de produção, as usinas nucleares são fortemente criticadas por ativistas ambientais por apresentarem riscos elevados em caso de acidentes ou vazamentos e por não estabelecerem um local fixo para o descarte dos rejeitos radioativos gerados pela usina.

FONTES DE ENERGIA RENOVÁVEL

Grande parte da eletricidade gerada no Brasil é proveniente de fontes renováveis. A energia hidrelétrica é uma importante fonte de energia no país devido aos rios brasileiros que possuem alto potencial energético.

Energia hidrelétrica

A energia hidrelétrica é uma das principais fontes de energia no Brasil. O relatório do Balanço Energético Nacional estima que cerca de 70% da eletricidade consumida no Brasil vem de usinas hidrelétricas.

Mesmo assim, o Brasil ainda não utiliza completamente todo o potencial de sua capacidade hidrelétrica e também exporta parte da energia que é gerada.

Os principais compradores são o Paraguai e a Argentina, da usina hidrelétrica binacional de Itaipu e das usinas hidrelétricas de Garabi e Yaciretá, respectivamente.

As principais hidrelétricas do Brasil são:

  1. Usina Hidrelétrica de Itaipu, no Rio Paraná;
  2. Usina Hidrelétrica de Tucuruí no Rio Tocantins;
  3. Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira no Rio Paraná;
  4. Usina Hidrelétrica de Xingó no Rio São Francisco;
  5. Usina Hidrelétrica de Foz Do Areia no Rio Iguaçu;
  6. Usina Hidrelétrica de Paulo Afonso no Rio São Francisco;
  7. Usina Hidrelétrica de Itumbiara no Rio Paranaíba;
  8. Usina Hidrelétrica de Teles Pires no Rio Teles Pires;
  9. Usina Hidrelétrica de São Simão no Rio Paranaíba;
  10. Usina Hidrelétrica de Jupiá no Rio Paraná.

Eólica

A energia eólica representa apenas cerca de 9% da produção brasileira de energia. Ela é uma fonte de energia muito cara para ser instalada, mas fornece energia renovável e inesgotável.

No ano de 2000, o Brasil passou a enfrentar um período muito seco com a redução do nível dos rios e, consequentemente, da produção de energia das hidrelétricas.

A primeira turbina eólica brasileira foi instalada em Fernando de Noronha em 1992. Dez anos depois, o governo criou o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica, conhecido como Proinfa. O que incentivou o uso de fontes renováveis ​​como eólica e biomassa.

Biomassa

O uso da biomassa consiste na queima de substâncias e materiais orgânicos para a produção de energia. Madeira, cana-de-açúcar, resíduos agrícolas e excrementos animais são alguns exemplos de materiais que podem ser queimados para obter energia.

No Brasil, a biomassa já é responsável por 8,7% dos recursos energéticos.

Os biocombustíveis são fontes de energia a partir de produtos naturais, como a cana-de-açúcar e a mamona. A maioria dos biocombustíveis usados ​​no Brasil são Etanol, Biogás e Biodiesel.

Sua utilização é defendida por ser considerada uma energia mais limpa, causando menos danos ao meio ambiente. Por outro lado, muitos campos são liberados para o cultivo dessas matérias-primas.

Como você pode ver, a variedade de fontes de energia no Brasil faz do nosso país uma referência no assunto. Cabe aos governantes implantar políticas públicas que possam aproveitar todo esse potencial energético.

E falando em energia, caso você tenha interesse em tornar sua empresa mais eficiente, aproveite para contar com o aluguel de geradores elétricos e melhorar o consumo de eletricidade das suas operações.

Entre em contato com nossa equipe e veja como podemos ajudá-lo!

Fonte: https://www.ageradora.com.br/fontes-energia-brasil/

0 comentário em “QUAIS AS FONTES DE ENERGIA MAIS UTILIZADAS NO BRASIL?

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: