Mercado de Locação

Localiza inicia atividades do Instituto para desenvolver ações sociais

A Localiza anuncia neste mês o início das atividades do Instituto Localiza, criado para impulsionar as iniciativas de investimento social estratégicas da empresa.

Como primeira ação, lança um edital público para captação de projetos que tenham potencial de impacto real na construção de novos caminhos para jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica, para dar acesso a oportunidades de inclusão produtiva e empreendedorismo. A entidade pretende investir R$ 2,5 milhões nos projetos selecionados. Os interessados em participar devem fazer a inscrição até 1º de outubro no site institutolocaliza.org.

“O Instituto Localiza é um catalisador de forças e irá se juntar a outras organizações para aumentar a tração e promover projetos de transformação social. Nasceu para impulsionar a transformação social, apoiando projetos de entidades que atuam em comunidades onde a Localiza está presente. Pretendemos agir para abrir novas oportunidades para a autonomia e qualidade de vida dos jovens”, explica o presidente do instituto, Marco Antonio Guimarães.

O instituto começou a ser estruturado em 2020, quando deu início a um processo de escuta junto aos públicos interno e externo para a construção do planejamento estratégico. Com o lançamento do edital, a entidade começa a suas atividades externas. A expectativa é que o Instituto gere, por meio de suas ações, cada vez mais valor social para a sociedade.

Enquanto isso, o Instituto assumiu a gestão de parcerias mantidas pela Localiza, como a Junior Achievement Minas Gerais (JA), além da coordenação do processo de apoio da empresa a projetos, por meio do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) e do Fundo do Idoso. Em 2021, parte dos investimentos via FIA foi direcionada à JA para o projeto “Empreendedorismo Cidadão” que visa trabalhar a ética profissional e o potencial empreendedor em jovens de 15 a 17 anos.

Ainda por meio da FIA, o Instituto apoiou o projeto Morrobótica do Fa.vela, que vai trabalhar o letramento digital, habilidades em robótica e internet para jovens de 14 a 17 anos em situação de vulnerabilidade. Na outra ponta, pelo Fundo do Idoso, a Organização está apoiando o programa “Perifa 60+” do Fa.vela, destinado à formação em habilidade digitais, empreendedoras e de liderança para os adultos de mais de 60 anos.

Em Minas Gerais, o Instituto prevê apoio ao projeto da Fundação de Desenvolvimento Gerencial (FDG), junto à Secretaria de Estado de Educação, para aplicar a metodologia GIDE (Gestão Integrada da Educação) em mais de mil escolas públicas de ensino fundamental. O foco do programa é melhorar o processo de ensino-aprendizagem, trabalhando em conjunto com os educadores para promover um salto nos resultados acadêmicos. A transformação se dá pela atuação direta nos principais temas que impactam o desempenho dos estudantes, como a atratividade das aulas, presença de alunos, participação dos pais, entre outros.

Organizado de acordo com as melhores práticas do terceiro setor, o Instituto Localiza é formado por uma Diretoria e um Conselho de Administração próprios. “Ao identificar necessidades e desafios dos setores onde pretende atuar, posiciona-se como um ator que, ao se unir às comunidades em situação de maior vulnerabilidade, contribui para construir com elas um processo de transformação social”, aponta o presidente executivo do Conselho de Administração da Localiza e entusiasta da filantropia no Brasil, Eugênio Mattar.

Fonte: Panrotas

0 comentário em “Localiza inicia atividades do Instituto para desenvolver ações sociais

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: