Acontece

Inovações tecnológicas prometem tornar veículos elétricos mais acessíveis

Segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), atualmente, o Brasil possui uma frota de 60 mil carros movidos a energia elétrica.

A maior justificativa pela baixa venda dos veículos elétricos são os preços pouco acessíveis: a partir de R$ 150 mil. As estimativas, entretanto, são de melhora: a expectativa é fechar 2021 com 30 mil emplacamentos.

A entidade afirma as vendas dos veículos híbridos estão se destacando ainda mais do que a dos modelos totalmente elétricos. O principal desafio para o barateamento e para maior autonomia dos carros elétricos é construir baterias mais leves e que armazenem mais energia.

Inovações

Baterias e supercapacitores são tecnologias de armazenamento de energia complementares. As baterias são mais apropriadas quando se considera a quantidade total de energia armazenada, e os supercapacitores, quando o que importa é a potência, isto é, quanta carga ou descarga de energia pode ocorrer por unidade de tempo.

Considerando essa complementaridade, a Divisão para Armazenamento de Energia Avançado do Center for Innovation New Energies (CINE) – um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) constituído pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Shell, com sede na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – vem trabalhando nas duas frentes, buscando melhorar as tecnologias: de supercapacitores que armazenem mais energia a baterias que recarreguem mais rapidamente e tenham vida mais longa.

Fonte: Jornal Cana

0 comentário em “Inovações tecnológicas prometem tornar veículos elétricos mais acessíveis

Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: