Mercado de Locação

Guide Empresas – Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

Confira os destaques de hoje:

MRV: Cia anuncia volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentos

A construtora MRV registrou volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentos no primeiro trimestre deste ano, alta de 58% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a prévia operacional divulgada.

No lado das vendas, a MRV apresentou redução de 3,2% na comparação anual para R$ 1,61 bilhão. O resultado foi o segundo melhor da série histórica.

Na operação dos EUA, a AHS adquiriu três novos terrenos no estado do Texas, sendo dois em Dallas e um em Austin, totalizando um VGV de US$ 204 milhões. Com isso o LandBank potencial da operação americana ficou em R$ 9,7 bilhões.

Impacto: Positivo. Os resultados da MRV começaram o ano com forte volume de lançamentos, mas com as vendas sendo ligeiramente impactadas pela paralisação da pandemia. Em todo caso, seguimos com visão otimista para a estratégia da MRV de diversificação dos empreendimentos, reduzindo a exposição ao Minha Casa Minha Vida e também ao funding do FGTS. No acumulado dos últimos 12 meses, os lançamentos com essa exposição atingiram o patamar de 58,2%, reduzindo da exposição de 100% a essas modalidades de cerca de 2 anos atrás.

Tenda: Construtora anuncia lançamentos de R$ 610 milhões no 1T21

A construtora Tenda encerrou o primeiro trimestre de 2021 com cerca de 10 lançamentos de empreendimentos no período, totalizando um VGV de R$ 610,3 milhões, alta de 269% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação trimestral, a companhia apresentou uma queda de 31%.

As vendas brutas, totalizaram R$ 812,2 milhões, avanço de 50% no ano e queda de 5% na comparação trimestral. A VSO (velocidade de vendas sobre o estoque) atingiu 36,4% no período, avanço de 5,1 pontos percentuais anualmente.

Impacto: Positivo. A Tenda reportou o melhor primeiro trimestre da sua história em termos de lançamentos, em linha com o forte volume da MRV. Esperamos que essa tendência se mantenha nos próximos trimestres, em virtude de manutenção das obras e das lojas em funcionamento. O landbank da companhia segue robusto e avaliamos que a companhia deve ter ganho de margens com o aumento dos volumes de lançamentos. Seguimos com TEND3 sendo a nossa Top Pick para o setor de construtoras do perfil baixa renda.

Sabesp: Meirelles afirma que capitalização deve ficar para 2022

O secretário da Fazendo do estado de São Paulo, Henrique Meirelles, disse durante live do Broadcast que o estado pretende fazer a privatização da EMAE ainda este ano, deixando para 2022 a capitalização da Sabesp, considerado um processo mais complexo.

Impacto: Marginalmente Positivo. De fato, a expectativa do mercado não era que a capitalização da companhia acontecesse neste ano, em virtude do agravamento da pandemia e dificuldade da tramitação de pautas polemicas. Em todo caso, avaliamos que a privatização deva acontecer nos próximos anos, mas não descartamos uma nova postergação, visto que 2022 é um ano eleitoral e também de difícil aprovação de pautas complexas.

Outras Notícias:

Petrobras: Divulga edital de licitação para arrendamento de Terminal na BA
Natura: Cia divulga Guidance para 2023 das operações da Avon.
Sequoia: Cia precifica follow-on em R$ 25 e oferta gira R$ 893,75 milhões
Blau Farmacêutica: Cia precifica seu IPO em R$ 40,14 por ação.
Ibovespa: Segunda prévia do índice conta com Locaweb e Banco Inter.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
research@guide.com.br

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é assinatura-chapadeiro.png
Luis Sales – CNPI
lsales@guideinvestimentos.com.br

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Fonte: OGUIfinanceiro

0 comentário em “Guide Empresas – Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

Deixe uma resposta

Abra o Chat
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: